Microsoft anuncia VMs com 12 TB de memória para SAP HANA

Publicado a 9/30/2019 por Knowledge Inside
image

O duplo anuncio já tinha sido feito pela Microsoft em maio passado, no evento SAPPHIRE NOW da SAP: a disponibilidade de Máquinas Virtuais (VMs) do Azure da série Mv2 com até 6 TB de memória para SAP HANA, e o compromisso em tornar o Microsoft Azure a melhor solução cloud para SAP HANA. Este é o momento de passar da teoria à prática – as VMs do Azure da série Mv2 com 12 TB de memória vão estar disponíveis e a produção será certificada nas próximas semanas em várias regiões do mundo, nas quais se inclui a Europa Ocidental.

A disponibilidade regional para VMs da série M tem também sido reforçada, com VMs certificadas para SAP HANA disponíveis em 34 regiões do Azure, permitindo assim que os clientes possam perfeitamente endereçar a questão do crescimento global, executar aplicações SAP mais próximos dos seus clientes e cumprir as necessidades regulatórias locais.

As novidades no mundo Azure não ficam por aqui. Porque a execução de aplicações SAP mission critical requer monitorização contínua para garantir o desempenho e a disponibilidade do sistema, a Microsoft lançou também no final de setembro a pré-visualização privada do Azure Monitor for SAP Solutions, uma oferta do Azure Marketplace que monitoriza a infraestrutura do SAP HANA através do Portal do Azure. Desta forma, os clientes podem combinar dados de monitorização do Azure Monitor para soluções SAP com dados existentes do Azure Monitor, ainda e criar um painel unificado para toda a sua telemetria de infraestrutura do Azure.

Este enorme passo em frente no universo das VMs para SAP HANA marca a disponibilização de soluções mais rápidas e com maior otimização de memória na cloud, com estas versões de 6 e 12 TB do Azure da série Mv2 – ideais para correr SAP HANA e workloads business-critical de grande escala.

O que nós dizemos

Com a série Mv2 baseada em processadores Intel Xeon Platinum, é agora possível criar máquinas virtuais com até 416 cores virtuais e 12 TB de RAM on demand, oferecendo uma gestão simplificada através do Portal do Azure. Combinado com Azure Premium Storage and Write Accelerator, este avanço representa um desempenho de escrita abaixo da casa do milissegundo para as transações em base de dados SAP HANA. Se pensarmos em infraestruturas locais a esta escala, até agora só seria possível atingir estes níveis gerindo equipamentos físicos que o cliente acabaria por ter de manter – o que normalmente redundava em situações de desperdício como ter de pagar pelo tempo de inatividade, ou de igual forma pela subutilização de hardware no data center. Graças à utilização de VMs Mv2, as implementações em grande escala de SAP HANA podem beneficiar da vantagem de poderem escalar facilmente desde 3 TB até uns impressionantes 12 TB, ou também reduzir verticalmente de forma perfeita para ir ao encontro das necessidades de negócio em cada momento, promovendo a tão bem-vinda agilidade – e pagando-se efetivamente apenas por aquilo que se usa.

Comments