Azure Arc é para mim?

Publicado a 11/29/2019 por Knowledge Inside em Opiniao
image

Anunciado no dia 4 de Novembro no Evento Microsoft Ignite, o Azure Arc foi a solução que deixou mais questões em toda a audiência. Esta tecnologia ambiciona fazer chegar os serviços Azure a qualquer datacenter ou até mesmo nas Clouds da concorrência.

A Microsoft já oferece há algum tempo a solução Azure Stack que permite que os Clientes utilizem nos seus datacenters internos os mesmos serviços e tecnologia que se encontra no Azure mas desconectados da cloud da Microsoft. Com o Azure Arc a ideia é ir mais longe e fazer com que os recursos residam no datacenter do Cliente ou em qualquer outra Cloud mas controlados e geridos pelo Azure Resource Manager, ou seja na Cloud da Microsoft.

O Azure Arc torna possível a unificação todos os nossos servidores, estejam em Azure, Hyper-V, Vmware ou até na Amazon, num único portal de gestão. A gestão destes recursos é efetuada como se fossem recursos Azure, o que, numa realidade híbrida e multi-cloud, traz imensas vantagens do ponto de vista do governance e compliance.

A solução está agora em fase “preview” e disponível para servidores Windows, Linux e Clusters Kubernetes (containers), esta última plataforma a viabilizar desde já serviços de base de dados Azure SQL Database e Azure Database for PostgreSQL Hyperscale.

Se a perspetiva de servidores geridos centralmente é só por si uma grande mais valia, a possibilidade de correr o Azure SQL Database, um produto PaaS (apenas disponível em Azure), na Amazon deixou-me bastante impressionado.

A perceção que retiro é que a tecnologia de containers e o seu conceito de empacotamento de software de forma agnóstica à plataforma é cada vez mais uma aposta da Microsoft. Estou em crer que esta tecnologia será a base para viabilizar a entrega de mais serviços Azure PaaS em qualquer ambiente, mesmo na concorrência.

Mas e que valor traz esta solução para as Organizações? É esta uma solução para si?

Se a sua organização, tem uma infraestrutura de TI de porte e já tem uma quantidade considerável de recursos em múltiplas clouds e também no datacenter local, certamente já sofre das normais dores que a dispersão que um ambiente híbrido acarreta. Se vê uma enorme mais valia em serviços PaaS, como o Azure SQL, mas não pode migrar as suas bases de dados para a Cloud então comece desde já a analisar o Azure Arc.

Se por outro lado a sua organização tem uma escala a nível de recursos de TI reduzida e assenta maioritariamente em soluções locais tradicioanis e/ou serviços SaaS, como por exemplo um servidor ERP e o Office 365, esta não é para já uma tecnologia para si.

Comments